Links do Ocioso, agregador de conteúdo

quinta-feira, agosto 18, 2011

Gato embalado

Quem nunca passou em uma loja grande de doces, dessas que tem de tudo, até o nostálgico Dip N' lik - pirulito que fez sucesso nos anos 80 e que retornou com tudo no meio do ano passado - e não se deparou com uma inconfundível caixa branca, com cerca de 1kg, de um doce típico brasileiro de coco, a maria-mole, com um toque especial, recoberta de chocolate. Aquele que bate os olhos, já sente a boca salivar e pega pelo menos um - quando não leva a caixa inteira. 
Esse doce é fabricado pela Doces Confirma cuja identidade visual característica nas cores vermelha e azul remete à infância, um menino com o cabelo repartido que se apoia no logotipo da marca - não por acaso o carro-chefe da empresa são os pirulitos.  Os "formigas" de plantão a reconhecem de bate-pronto. Mas será que essa caixa poderia ficar mais especial? Ela poderia aparecer renovada de uma maneira insólita? Sim. Confira abaixo o antes e o depois da embalagem.


Agora dentro há confortavelmente um gatinho de olhos faiscantes - ele só quer saber de dormir nela, esqueceu-se até do sofá - e que está pronto para sair da caixa apenas para explorar um lar, doce lar, de um candidato a adotante. Na verdade, quase, já que sua cirurgia de castração está prevista para o dia 21 próximo.


Contatos para adoção, São Paulo, SP: 
Vanessa Orfão
Cel: (11) 8108-2375

segunda-feira, agosto 01, 2011

Ajude a abanar muitos rabinhos

Batalhar pela saúde de aproximadamente 500 cães é tarefa árdua mas recompensadora. Começando pela parte boa, ver que um animal começa um novo ciclo de vida pós-adoção é uma vitória, todavia até chegar lá a entidade precisa de muito esforço - sem falar nos animais idosos, que por não conseguirem adotantes, ficam por lá em uma espécie de "casa de repouso". Essa instituição que obstinadamente faz um bonito trabalho é a Abeac - Associação Bem-Estar Animal Amigos da Célia, que recentemente resgatou e recuperou um cão com uma fratura antiga na pata e deu toda a assistência que precisou, o Barão (foto abaixo). 
Essa jornada pela vida, entretanto, demanda uma grande despesa. A Abeac ajusta a quantidade de ração ao número de cães por meio de donativos em dinheiro. São cerca de cinco toneladas/mês - e está em contato com um fabricante de ração animal para poder comprar a um custo mais baixo, além de tentar outras parcerias nesse sentido. Concomitantemente, iniciaram uma campanha de arrecadação de dinheiro para alimentar as centenas de cães de seu canil - apenas para informação: dez quilos de ração tem um custo de 
R$ 46,30 para a entidade.
Para quem puder ajudar, seguem os dados para depósito:

Banco Itaú (código 341) 
Agência: 0772 
Conta Corrente: 52385-8 


Abeac Associação Bem-Estar Animal Amigos da Célia
CNPJ: 06.164.870/0001-82

Para maiores informações: 

Marli Scaramella
abeac@abeac.org.br

Esnobe o cachorro louco

Olhos esbugalhados (Studium)
Hoje é o primeiro dia de agosto que, supersticiosamente, ganhou fama por ser um mês ruim, em que nada dá certo. Tem até um dito popular que, de acordo com historiadores, foi cunhado pelos nossos colonizadores portugueses: "Casar em agosto traz desgosto". Estranha fé essa que desanima não só a alguns noivos, como à Igreja e as pessoas em geral. Outro ponto negativo para o mês é que ele é conhecido como “o mês do cachorro louco”. O que o deixa mais pesado - não bastasse o fato de cair em uma segunda-feira, começo de semana. Essa parte da crendice popular, entretanto, tem algum fundamento. Tirando o exagero do louco, alguns veterinários acreditam que a raiva possa ser transmitida com maior facilidade nesse período devido a maior quantidade de cadelas no cio. O que faz com que os machos disputem agressivamente as fêmeas - quem nunca viu, nessa época, uma cachorra de rua sendo perseguida por quatro ou cinco cachorros; parece até uma brincadeira antiga de "siga o mestre" - espalhando a doença. Portanto aproveite o mês A GOSTO, à vontade, e pulso firme na guia do seu cão senão ele sai em disparada em direção a uma cadela.